domingo, 18 de setembro de 2011

Conceito de como o amor acontece.


Eu também estou cansada de ler textos sobre amor. Mas eu nunca dei o meu conseito (sim, eu tinha escrito conceito com s mas não vou apagar para que eu crie vergonha na cara).

Amor é quando falta um pedaço da sua vida. Mas é um pedaço que nunca foi tirado. Que esteve sempre ali vazio mas você nunca soube com o que preencher, nem ficou procurando feito louca. Tava faltando um pedaço, que ficou pra gente encontrar por aí na vida, e quando você encontrasse o pedaço que falta ia saber. E ninguém nunca precisou aprender isso, sempre soube.

Aí por coincidência você encontra com ele em algum lugar. Aí a gente fica só pensando nisso só pensando. E pensa também como ia ser bom se a vida da gente estivesse com aquele pedaço que estava faltando. E a sua vida completa passa a ser a melhor coisa que você pode ter. Disfarçada de alguém que vai poder preencher.

Se não pode ficar com aquela pessoa é muito triste. Bota a culpa em tudo, na beleza, no dinheiro… mas a verdade é que ela precisava de um pedaço diferente do que a gente é. Precisava talvez de mais alegria, de mais calma, de um sorriso mais feliz ou de olhos mais marcantes.

O segredo para o amor durar é que juntos é que os dois sempre mudam, e quando um muda e precisa de algo mais para completar, o outro possa oferecer aquele pedacinho que falta. De novo. E de novo.

E não fica faltando aquele pedaço no outro. As vidas quando juntas funcionam como dois corações fazendo um único organismo viver.

O amor portanto é o encaixe perfeito de duas vidas. Mesmo que ele dure pouco tempo, e as vezes um pedaço invade o espaço do outro, e isso causa feridas. Que as vezes podem ser curadas, as vezes não. Mas se há separação, não quer dizer que não deu certo. Apenas que houve mudança de forma, e as novas pessoas não cabem mais nela.

Não adianta evitar, nem fingir que não aconteceu. Lá dentro você vai viver infeliz, porque mesmo que pareça que ainda está tudo completo dentro de si, está machucando.

O que era perfeito ontem não é mais.

Já publiquei esse texto no meu blog mas achei que ele merecia estar também aqui .

2 comentários:

Julia Penedo disse...

lindo!
bjss

www.blogdajupenedo.com

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oii, primeira visitinha por aqui o/
Adorei seu blog! Muito fofo...
Estarei comentando seus post!
E seguindo, me segue também!
Bjss *-*
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

Postar um comentário

Sua opinião é sempre bem vinda, sinta-se livre para expor ela.

 
Layout por Cínthia | Powered by Blogger
Sweet and Dark Copyright 2013 - Todos os direitos reservados